Dupla é presa por assalto à loja e roubou a banda de forró horas antes

Os dois homens presos pela polícia em flagrante nessa quarta-feira (20), após um assalto ocorrido em uma loja de perfumes na avenida Prudente de Morais, no Tirol, foram reconhecidos por integrantes da banda de forró Ferro na Boneca como sendo os responsáveis pelo assalto ocorrido com eles horas antes. Victor Ramon de Medeiros Albuquerque, 22, e Sérgio Reis de Oliveira Pereira, 25, foram autuados na Delegacia de Plantão Zona Sul e depois encaminhados à Plantão Zona Norte, onde aguardam vaga no sistema prisional para serem transferidos.

De acordo com o policial militar Glauber Evangelista, da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam), antes de seguir até a loja na Prudente de Morais, a dupla assaltou os músicos e o empresário da banda na saída de um estúdio também localizado no bairro do Tirol. Deles, os dois teriam levado R$ 1.300 em espécie, além de celulares, relógios e duas joias de ouro - um cordão com pingente e uma pulseira - avaliados em R$ 17 mil. As vítimas reconheceram os assaltantes e conseguiram recuperar os pertences.

Os dois foram presos quando saíam da loja de perfumes na avenida Prudente de Morais, depois de terem realizado um assalto no local, segundo a polícia. O soldado Glauber Evangelista contou que um policial que não estava de serviço passou pelo local durante o crime e acionou a Rocam, que conseguiu interceptar os suspeitos. Um deles, Sérgio Reis, ainda fugiu e tentou se esconder em uma residência, mas foi capturado pelos policiais.

Com os dois, a polícia conseguiu recuperar dois revólveres calibre 38, celulares, relógios, joias, dinheiro, além de uma motocicleta Honda Fun, placa MZK 4094, e outros objetos que os policiais acreditam que foram conseguidos através de roubo.
Informações: Tribuna do Norte

0 Comentários em " Dupla é presa por assalto à loja e roubou a banda de forró horas antes "

Postar um comentário

ATENÇÃO: Seja consciente em seu comentário, ele será rigorosamente avaliado antes de ser publicado.

Não será permitido palavrões e/ou termos que ofendam pessoas públicas.

Obrigado por visitar o Portal SOS Notícias do RN.

Comente com o Facebook: